cursos

 
 
 
A política e a sociologia do Brasil contemporâneo
.
Datas: 18 a 21 de setembro (segunda a quinta)
das 19h às 21h
Local: SP - Espaço Hedra - Rua Fradique Coutinho, 1139 - Vila Madalena.
 
 

A sociedade brasileira vem passando por transformações profundas nas últimas décadas, com movimentações de alta reflexividade na esfera das disputas políticas e na relação entre as classes sociais. Após o processo de redemocratização, já vivemos uma série de reviravoltas históricas, explicitação de conflitos e aparição de novos atores sociais. A movimentação das diretas já, na segunda metade da década de 80; o processo de construção da constituinte de 88, que originou a atual constituição; o impedimento do primeiro presidente eleito após o regime da ditadura civil-militar; o período FHC, com a política de privatizações e o plano Real; o período Lula, com o neo-desenvolvimentismo, as políticas sociais e a ascensão de segmentos da classe trabalhadora precarizada; o primeiro governo Dilma Rousseff, as jornadas de junho de 2013, as eleições de 2014 e o início da operação Lava Jato; as manifestações da direita em 2015 e 2016 contra o Partido dos Trabalhadores, o impedimento do segundo mandato de Dilma Rousseff, a consolidação do poder judiciário (PGR, MP e STF) como protagonista no jogo político e a atual crise política, social e econômica. 

Dentro deste contexto, a proposta do curso é apresentar uma reflexão sociológica a respeito das questões políticas e sociais da sociedade brasileira contemporânea tendo como base de fundamentação alguns estudos exemplares que foram além da análise de conjuntura e se propuseram a fazer análises com perspectiva teórico-conceitual estruturantes, os associando a uma longa tradição do pensamento social brasileiro. 

Vamos analisar 4 estudos exemplares, em cada uma das aulas do curso. Na primeira, analisaremos a cultura do pemedebismo em “Imobilismo em movimento: Da abertura democrática ao governo Dilma” de Marcos Nobre; na segunda, o lulismo como nova realidade social e política, em “Os sentidos do Lulismo” de André Singer; na terceira, um novo ator político e social em “A política do precariado”, de Ruy Braga e, na quarta, as mutações da classe trabalhadora em “Os batalhadores brasileiros” de Jessé de Souza. Todos vinculados ao amplo e complexo contexto do Brasil pós-redemocratização e todos construindo bases de análise teórico-conceitual estruturante para as questões da sociedade brasileira contemporânea. 

 

1º Aula – A cultura do pemedebismo - Imobilismo em movimento – Marcos Nobre (2013)

2º Aula – O lulismo como realidade social - Os sentidos do lulismo – André Singer (2012)

3º Aula – Um novo ator social e político? - A política do precariado – Ruy Braga (2012)

4º Aula – As mutações da classe trabalhadora - Os batalhadores brasileiros – Jessé de Souza (2012)

 

 
 
Professores:
 
Marcos Lacerda
 
 
Valor: 580,00
//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////